O ano de 2013 foi de muitas conquistas para o cinema brasileiro. Se em 1993 apenas um filme estreou comercialmente e quase não obteve sucesso, vinte anos depois tivemos a marca de mais de 100 estreias nacionais, com produções atingindo mais de 4 milhões de espectadores, caso de De Pernas Pro Ar 2e Minha Mãe é uma Peça.

Para 2014, a expectativa é de que o Brasil consiga ainda mais sucesso, e alguns nomes já aparecem como os responsáveis por ele. Veja a lista que o BRCine preparou com os dez filmes que devem chamar a atenção nos próximos doze meses.

O Lobo Atrás da Porta – Sem data

O Lobo Atrás da PortaO ano de 2013 nem terminou ainda e O Lobo Atrás da Porta, de Fernando Coimbra, já desponta como o melhor filme de 2014. Thriller estrelado por Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabíola Nascimento, a história da investigação do desaparecimento de uma menina, através de flashbacks, ainda não tem data para estrear, mas já conquistou a crítica internacional e chegou a ser premiado no Festival de San Sebastian, na Espanha.

  • Veja como estão os atores do filme Gabriela depois de 30 anos

Confissões de Adolescente – 10 de janeiro

Confissões de AdolescenteVinte anos depois, uma das séries brasileiras de maior sucesso na televisão chega aos cinemas com um elenco renovado e abordando o universo de uma geração conectada. Repetindo a direção de Daniel Filho e roteiro de Maria Mariana, do original, Confissões de Adolescente ainda traz as protagonistas da televisão, como Deborah Secco e a própria roteirista, em participações especiais. No elenco principal, o destaque fica para Sophia Abrahão, que conquistou o público jovem com a novela Rebelde.

  • Veja dez polêmicas cenas de nudez do cinema brasileiro

Quando Eu Era Vivo – 31 de janeiro

Quando Eu Era VivoPode parecer estranha a parceria entre um dos mais elogiados cineastas independentes brasileiros e uma das mais populares cantoras do país, mas isso ocorre em Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra (Trabalhar Cansa), estrelado por Sandy Leah. Com Antônio Fagundes e Marat Descartes, o terror conta a história de um divorciado que volta a viver na casa de seu pai e estabelece uma obsessiva relação com a estudante de música que aluga um quarto lá. O longa é baseado no romance A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, de Lourenço Mutarelli.

  • Relembre as dez principais adaptações literárias no cinema nacional

Tim Maia – 14 de março

Tim MaiaBaseado no best seller Vale Tudo: O Som e a Fúria de Tim Maia, de Nelson Motta, a cinebiografia Tim Maia, de Mauro Lima (Meu Nome Não é Johnny), conta a história de um dos cantores mais controversos do Brasil. Estrelado por Babu Santana, o filme traz Alinne Moraes como a jovem por quem o músico era apaixonado e um Cauã Reymond cabeludo no papel de Fábio, o cantor paraguaio que foi o melhor amigo do compositor de clássicos do soul brasileiro. Tim Maia ainda tem o jovem George Sauma (Lado a Lado) no papel de Roberto Carlos.

  • Conheça dez grandes filmes de terror brasileiros dos últimos cinco anos

Confia em Mim – 28 de março

Confia em MimMaior vilão da televisão em 2012, Mateus Solano volta a colocar em prática as maldades de um personagem no thriller Confia Em Mim, de Michel Tikhomiroff. Inspirado em um caso real, o filme conta a história de Mari (Fernanda Machado). Uma chef de cozinha insegura que conhece o homem perfeito, vivido por Solano. Mostrando grande paixão, ele incentiva a namorada a abrir um restaurante próprio. Quando ela aceita e reúne todo seu dinheiro para a empreitada, ele pega tudo e desaparece, mostrando ser um golpista.

  • Conheça as dez melhores cenas de sexo do cinema brasileiro recente

Entre Nós – 28 de março

Entre NósPaulo Morelli, diretor de Cidade dos Homens, volta com um drama recheado de grandes estrelas. Entre Nós tem em seu elenco principal nomes como Caio Blat, Carolina Dieckmann, Maria Ribeiro, Júlio Andrade, entre outros, e produção de Fernando Meirelles. O longa conta a história de um grupo de amigos que, durante uma viagem, escreve cartas para eles mesmos no futuro. Após uma morte tragédia, eles ficam anos afastados, mas voltam a se ver para ler as cartas anos depois.

Errata: Paulo Morelli não é diretor de Vips, como informado anteriormente, mas produtor.
Vips foi dirigido por Toniko Melo.

  • Assista à dez grandes bordões do cinema brasileiro

Os homens são de Marte… E é para lá que eu vou – 25 de abril

Os homens são de Marte… E é para lá que eu vouSe um dos grandes sucessos de bilheteria de 2012 foi a adaptação do monólogo Minha Mãe é Uma Peça, em 2013 a bola da vez é Os homens são de Marte… E é para lá que eu vou, estrelado por Monica Martelli e com participação especial de Paulo Gustavo. Dirigido por Marcus Baldini, de Bruna Surfistinha, o filme conta a história de uma organizadora de casamentos de 39 anos que não consegue realizar seu maior sonho: fazer o seu próprio casamento.

  • Esses filmes não parecem, mas também são brasileiros. Veja quais

Praia do Futuro – 1 de maio

Praia do FuturoDepois de conquistar Hollywood, Wagner Moura volta a protagonizar um filme brasileiro. Em Praia do Futuro, de Karim Aïnouz (Madame Satã), ele interpreta um salva-vidas que trabalha no Ceará.  Na trama, o personagem salva a vida de um turista alemão e, a partir de então, começa a desaparecer. É aí que seu irmão, vivido por Jesuíta Barbosa, começa a procura-lo. O filme é uma coprodução entre Brasil e Alemanha e tem a participação de Clemens Schick, de Cassino Royale.

  • Relembre 10 grandes papéis interpretados por Wagner Moura

A Estrada do Diabo – setembro

A Estrada do DiaboConhecido na internet por seus curta-metragens, como Ópera do Mallandro (assista aqui), um musical inspirado em canções de Sérgio Mallandro, André Moraes estreia na direção de um longa com Estrada do Diabo, um road movie cômico. Com Deborah Secco, Lucio Mauro Filho e Júlio Andrade, o filme conta a história de um ator frustrado que ganha um concurso de roteiros e tenta produzir um filme, mas acaba sendo sabotado pelo diretor e um dos atores.

  • Veja quem são os diretores brasileiros que adoram trabalhar em família

220 volts – 26 de dezembro

220 voltsEm 2013, Paulo Gustavo conquistou os cinemas com uma adaptação teatral e em 2014 vai levar para as telas sua série de TV, na qual interpreta diversos personagens cômicos. Na direção, André Pellenz, o mesmo de Minha Mãe é Uma Peça e do programa na TV. As filmagens ainda não estão previstas, mas 220 Volts deve chegar nos cinemas no final do ano.

  • Veja quais são os filmes brasileiros muito bons, mas que quase ninguém viu